TICE

Assiste-se a uma época marcada pelo rápido desenvolvimento das tecnologias de informação e de comunicação, com acesso a redes e mercados globais e que tem permitido avanços em múltiplos sectores de atividade. Acresce o papel central que estas vêm assumindo no surgimento de uma nova revolução industrial (Indústria 4.0), que constituirá o cerne de todo um novo modelo de desenvolvimento económico. 

As diferenças de desempenho económico entre países e inclusivamente entre regiões explicam-se, crescentemente, em grande medida pelo nível de investimento, de investigação e de utilização das TIC, bem como pela competitividade associada às empresas do sector nesse país/região e os acréscimos de produtividade e valor acrescentado que providenciam a outros sectores, ditos "mais tradicionais”.

O concelho de Santa Maria da Feira possui um conjunto de empresas e outros agentes a trabalhar neste sector, explorando oportunidades de colaboração, sinergias e o desenvolvimento de ações conjuntas que podem potenciar o seu desenvolvimento e competitividade de toda a economia local. A face mais notória desta dinâmica é a criação da AETICE - Associação de Empresas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Eletrónica que aqui tem sede. 




Trata-se de um setor qualificador da atividade económica, nomeadamente contribuindo para o aumento da capacidade tecnológica e de inovação dos sectores mais relevantes no concelho e cujo polo Europarque – Health, IT & Research vem potenciar o seu desenvolvimento e competitividade.

O lançamento recente do centro empresarial VisioHUB (nas instalações do antigo Visionarium) é mais um exemplo de sucesso desta aposta, permitindo a instalação de grandes empresas das áreas das tecnologias, informação, comunicação e eletrónica, num espaço completamente infraestruturado e remodelado, que conferirá uma nova vida ao equipamento, apresentando-o como um novo e atrativo parque tecnológico de Santa Maria da Feira.