Inovação

No European Innovation Scoreboard (EIS) 2020, com dados relativos a 2019, Portugal surge no grupo dos países classificados como inovadores fortes.


A inovação mostra-se fundamental para a competitividade empresarial e resulta da crescente geração e acumulação de conhecimento científico ao longo do tempo e à sua permanente experimentação para produção de inovações bem-sucedidas e geração de valor acrescentado para as organizações, processos ou produtos, bem como para a forma como os serviços são prestados aos consumidores.


Santa Maria da Feira beneficia assim do seu enquadramento num ecossistema de inovação regional forte e reconhecido, cujo seu cerne é a Área Metropolitana do Porto, enquadrando-se na Região Norte que é a segunda mais inovadora de Portugal, imediatamente a seguir à Área Metropolitana de Lisboa.


"As potencialidades do Norte têm uma ligação profunda com a natureza industrial e com o perfil empreendedor de uma região em processo de catching-up que, por um lado, beneficia com a incorporação de tecnologias por via da difusão e, por outro, desenvolve inovações de produto e de processos, no sentido de subir na cadeia de valor através da diferenciação do produto e do aumento da produtividade do trabalho.” (NORTE 2030 - Estratégia de Desenvolvimento do Norte para Período de Programação 2021-27 das Políticas da União Europeia)