07 Jun 2024

Bolsa de Turismo de Lisboa regressa de 12 a 16 de março em 2025 e vai esgotar novamente

O anúncio foi feito na quinta-feira, na FIL em Lisboa, durante a entrega de prémios da edição de 2024 e lançamento da edição de 2025, num evento que reuniu centenas de profissionais e parceiros do turismo, um dos setores com maior crescimento na economia portuguesa.

A edição de 2025 da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, o maior evento do setor em Portugal, vai decorrer de 12 a 16 de março na FIL, na capital, foi esta quinta-feira anunciado, com a organização a acreditar que o evento vai esgotar.

Na abertura do evento, António Ramalho, presidente da Comissão Executiva da Lisboa FCE [Feiras, Congressos e Eventos], entidade organizadora da BTL, destacou o crescimento que o evento tem registado.

"A BTL tanto traduz como contribui para o bom momento do turismo nacional e a procura que temos registado por parte de empresas e entidades permite-nos perspetivar, com muito otimismo, a edição de 2025”, afirmou, salientando ainda o facto de a BTL ser "o maior evento empresarial" que se realiza em Portugal.

Já Rita Marques, ex-secretária de Estado do Turismo, que hoje foi apresentada como nova presidente do Conselho Estratégico da BTL, considerou que o evento "pode e deve crescer" como o setor tem crescido: "combatendo a sazonalidade, não se esgotando numa mostra pontual no ano; apostando na diversificação de mercados, indo para lá do perímetro nacional e fazendo pontes com os mercados internacionais; e aportando valor para todos, também para aqueles que trabalham no setor; em estrita colaboração com os empresários do setor, os territórios e, evidentemente, o Turismo de Portugal”.

Segundo a Fundação AIP, o Conselho Estratégico da BTL é um órgão consultivo, que reunirá personalidades de "reconhecido mérito e experiência profissional" e que terá como missão contribuir para o desenvolvimento de uma estratégia que permita à BTL consolidar e desenvolver a sua posição como um dos principais eventos do setor turístico na Europa, bem como garantir o seu alinhamento com o mercado e com os objetivos das empresas e entidades que nela participam.

Por seu lado, o diretor geral adjunto da Lisboa FCE, Pedro Braga, terminou a apresentação dos seis vetores estratégicos que a organização definiu para a edição do próximo ano realçando que "em 2025 a BTL irá novamente estar esgotada (…)".

O secretário de Estado do Turismo, ausente do país para as comemorações do dia de Camões, deixou uma mensagem vídeo na qual destacou a relevância da BTL na afirmação e na promoção do turismo nacional.

Fonte: In, Dinheiro Vivo
Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba Mais

Compreendi