Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Também aparecem novos negócios sustentáveis, como o H2 Verde - Entrevista a António Maia
2020-04-07

António Maia criou uma rede de distribuição de produtos frescos ao domicílio

Com o aparecimento do novo coronavírus, muitos dos negócios tiveram que se adaptar a uma nova realidade. Os supermercados potenciam contactos perigosos e podem ser uma fonte de contágio. Foi neste sentido, que o projeto H2 Verde surgiu, criado por António Maia de 56 anos. Com o sector da restauração encerrado, António Maia arranjou uma alternativa, em que é possível aceder a produtos frescos, sem ter de sair de casa. Conta com o apoio da MN Comunicação que faz a gestão das redes sociais e o tem ajudado na divulgação deste projeto.

Qual o conceito do projeto H2Verde e o porquê da sua criação?

Este projeto surge na sequência do coronavírus, uma vez que afetou o meu negócio tradicional. Já fazia distribuições, sendo que a maior parte dos meus clientes eram da restauração. E, uma vez que a restauração está praticamente fechada tive que arranjar uma solução. Já era empresário em nome individual nesta área e já fazia entregas antes. O conceito é fazer uma distribuição personalizada, porta a porta mediante as encomendas recebidas. As pessoas não precisam de sair de casa para terem acesso aos produtos frescos.

Quantas pessoas estão envolvidas?

Sou apenas eu neste projeto e sou eu que faço as entregas nos domicílios. Comecei a fazer as entregas há duas semanas.

Onde faz a plantação dos produtos?

Faço em casa, numa estufa.

A técnica que usa é a hidroponia. O que é que significa?

A hidroponia é cultivar as plantas sem solo, onde os elementos minerais essenciais para o crescimento e desenvolvimento das plantas são fornecidos através de uma solução nutritiva, em medidas exatas e de forma constante todos os nutrientes que os vegetais precisam. É um cultivo há base de água. Sendo que existem dois tipos de produção, onde são tanques com água, onde essa água é oxigenada para ter algum movimento para não estagnar.

Como funciona o processo de encomendas?

As encomendas podem ser feitas através da página do Facebook (H2 Verde) e do Instagram (@h2verdesmf). Mas dou preferência ao sms para ficar registado, através do número 960 272 978.

Quais os produtos que entrega?

Neste momento, tenho disponíveis três conjuntos de produtos hortícolas para as pessoas escolherem. Um dos conjuntos é constituído por duas alfaces, dois raminhos de salsa, um molho de cebolinho, um molho de coentros e lOOgrs de agrião pelo preço de 3,90€. Outro conjunto é também pelo preço de 3,90€ e é constituído por uma cenoura, uma cebola, duas alfaces e um raminho de salsa. Por último, um conjunto pela quantia de 9,90e, é composto por três alfaces, dois tomates, duas cebolas, duas curgetes, uma couve coração, um alho francês e três cenouras.

Quais são as zonas em que faz a distribuição?

Neste momento, faço em Santa Maria da Feira e freguesias vizinhas.

Tem dias destinados à entrega?
Nesta fase ainda não. As pessoas encomendam e passado 24 horas recebem os produtos em casa.

E relativamente ao número limite de entregas por dia?
Neste momento ainda não foi preciso estipular um limite de entregas porque ainda tenho muito produto.

O pagamento das encomendas é feito de que forma?

Até à data é em dinheiro. Sendo que estou a preparar o pagamento através de mbway para as pessoas não terem que mexer em dinheiro.

Quais os cuidados que tem para fazer as entregas?

Tenho um pacote de luvas no carro e, faço as entregas utilizando luvas. Neste momento não uso máscara porque ainda não consegui arranjar nenhuma.

As pessoas devem ter algum tipo de cuidado com os legumes? Fazer algum tipo de desinfeção?

Os hortícolas têm a sua desinfeção normal. Acho que as pessoas devem sempre usar um pequeno desinfetante como o amoquinado, vinagre ou limão. Nos hortícolas que eu cultivo, há a existência de fitofármacos mas muito no início e depois já não levam.

É um projeto recente. Qual é o feedback por parte das pessoas que já encomendaram?

Foi feita uma primeira entrega e ainda não dá para ter uma noção. Daqui para a frente é que as encomendas vão começar a aumentar. Mas existem pessoas que receberam e, já voltaram a encomendar. Uma vez que fizeram novamente a encomenda, é sinal que ficaram satisfeitas com os produtos e querem repetir. Estou a ter um bom feedback por parte das pessoas.

As entregas ao domicílio começam a aumentar uma vez que as pessoas têm receio de sair de casa. Qual a sua opinião relativamente a estas iniciativas?

Tudo o que seja para impedir grandes aglomerados de pessoas é excelente. Sabemos todos como a transmissão do vírus é feita e o que devemos e fazer. Podendo arranjar alternativas para não se deslocarem a sítios com um grande número de pessoas e não estar em contacto com elas. O mais importante é proteger a saúde e o bem-estar de cada um.


In, Jornal N
voltar