Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Supermercados voltam a poder vender roupa e outros artigos que estavam limitados
2021-04-05

As restrições que obrigavam super/hipermercados e grandes superfícies a limitar a venda de produtos não essenciais como peças de vestuário ou artigos de decoração chegam ao fim na próxima segunda-feira, dia 5 de abril. Na segunda fase de desconfinamento de Portugal, as lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua podem reabrir, o que significa que deixa de haver motivo para restringir a venda de determinadas categorias de produtos.

Os supers e hipermercados «passam a poder vender os bens que também vão passar a poder ser vendidos na via pública», garantiu o primeiro-ministro esta tarde. António Costa aproveitou para sublinhar que as únicas lojas que podem abrir são mesmo as de rua (centros comerciais ficam de fora) e que tenham um máximo de 200 metros quadrados, sem exceções.

Saiba tudo o que reabre dia 5 de abril:

•2.º e 3.º Ciclos (e ATLs para as mesmas idades)
•Centros de Dia
•Equipamentos sociais na área da deficiência
•Lojas até 200 metros quadrados com porta para a rua
•Esplanadas com o máximo de quatro pessoas por grupo
•Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal)
•Modalidades desportivas de baixo risco (sem contacto físico)
•Atividade física ao ar livre até quatro pessoas e ginásios sem aulas de grupo
•Museu, monumentos, palácios, galerias de arte e similares.



In, Executive Digest
voltar