Notícias

Sucatas de Ramil, S.A.
2018-01-09

Na 215.ª posição do ranking das 1.500 maiores empresas do distrito de Aveiro, a Sucatas de Ramil, S.A. lidera o sector em que actua, Comércio por grosso de sucatas e de desperdícios metálicos (CAE 46771).

Sediada em Santa Maria da Feira, a Sucatas de Ramil, que, em 2016, empregava 25 pessoas, obteve, naquele ano, um volume de negócios de 12,95 milhões de euros, um valor 0,47% inferior aos 13,01 milhões de euros facturados em 2015.

Em 2016, a empresa auferiu 527 mil euros de resultado líquidos, mais 587,35% do que os 77 mil euros de lucro de 2015.

Quanto ao VAB (Valor Acrescentado Bruto), a Sucatas de Ramil registou 1,34 milhões de euros em 2016, o que, face aos 944 mil euros de 2015, evidenciam um crescimento de 42,27% neste indicador.

Em segundo lugar, neste sector, está a Lusoscrap, Lda., de Santa Maria da Feira, que, em 2016, facturou 9,74 milhões de euros, obteve um lucro de 841 mil euros e um VAB de 1,49 milhões de euros.

A terceira posição é ocupada pela Metalvalor - Gestão e Valorização de todo o tipo de resíduos, Lda., de Espinho, que, no exercício em análise, registou um volume de negócios de 5,48 milhões de euros, um resultado líquido de 106 mil euros e um VAB de 410 mil euros.



In, Diário de Aveiro
voltar