Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Santa Maria da Feira: dinâmica imobiliária é uma realidade
2018-08-24


A cidade de Santa Maria da Feira é um dos municípios com maior área e onde o crescimento populacional tem aumentado ano após ano, estando atualmente muito próximo dos 150 mil habitantes. Trata-se dum concelho com uma forte tradição e atividade industrial, sobretudo no têxtil, calçado e transformação de cortiça.

Em termos imobiliários a evolução dos preços e dinâmica do mercado imobiliário é uma realidade. Para além da procura de casa para habitação própria, alavancada pela maior abertura na concessão de crédito à habitação, há também a procura de imóveis para investimento nos segmentos dos armazéns e terrenos. De salientar a excelente localização e boas acessibilidades viárias, que permitem fácil e rápido acesso para o Porto e Aveiro.

O mercado imobiliário na componente residencial, em Santa Maria da Feira, está distribuído por três zonas principais, nomeadamente: zona central da cidade (centro histórico), zona da Cruz, com construção mais recente e com boas infraestruturas, e a zona do Cavaco, mais deslocada do centro da cidade.

Atualmente, a zona da Cruz é que tem denotado maior interesse e expansão imobiliária residencial com construções recentes e outras em curso. A zona central é a que ainda concentra maior número de serviços administrativos e também conta com a vertente noturna de bares/ restaurantes/hotelaria. A zona do Cavaco convive com um misto de diferentes usos, nomeadamente armazéns e retalho.

A recuperação dos preços na habitação não foi tão imediata tal como nos grandes centros (Porto e Lisboa). Contudo, na atualidade está já a acompanhar esse crescimento. Nas zonas e freguesias mais periféricas do concelho os preços e a dinâmica imobiliária não são tão imediatos, mas surgem alguns sinais positivos.

O interesse imobiliário pela cidade é impulsionado pelo preço ainda acessível da habitação, boa qualidade construtiva e boas áreas das frações. Estes são fatores de interesse para que esta seja uma boa localização para quem se desloca diariamente para Gaia ou Porto em trabalho e escolhe residir nesta localização.


In, Vida Económica
voltar