Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Restaurante do Lago: “Vamos com calma. O importante para nós era recomeçar”
2020-05-20

Reportagem: Restaurante do Lago: "Vamos com calma. O importante para nós era recomeçar

Em Santa Maria da Feira, as "saudades” e o tempo primaveril levaram clientes habituais ao restaurante situado no Europarque. "Sentíamos bastante falta disto, de poder almoçar fora em família.”

Com capacidade para 160 pessoas, o Restaurante do Lago, encerrado desde 14 de Março, apresenta-se agora com 70 lugares sentados. Fizeram-se todos os ajustes para respeitar o distanciamento entre clientes, os 38 funcionários receberam "formação muito exaustiva” para lidarem com a nova realidade e investiu-se em "sinalética” para informar os clientes sobre as novas regras, refere José Resende.

O mais importante, sublinha, foi o esforço "com o pessoal”. "Para além de todas as regras que instituímos ao nível dos vestiários, insistimos muito na melhor forma de manusear os utensílios e de circular no restaurante. Na cozinha, por exemplo, temos desinfectante de cinco em cinco metros, para que não haja hipótese de os funcionários não o usarem. Comprámos melhores detergentes, cinco ou seis vezes mais caros, mas que nos dão todas as garantias.

Comer no Restaurante do Lago é uma experiência segura”, garante. Os clientes acham o mesmo. Bruno Carvalho e Gonçalo Menezes são frequentadores habituais, "pelo menos uma vez por semana”. Vieram no primeiro dia porque já sentiam "saudades da comida” e da "liberdade” de poderem tomar uma refeição fora de casa. Trabalham ambos na área da publicidade e quando souberam da reabertura do Restaurante do Lago ligaram logo "a marcar mesa”. "Em momento algum senti algum receio de vir cá”, diz Bruno. Gonçalo completa: "Se nós nos precavermos, vai tudo correr bem. Aos poucos, temos que voltar ao normal.”



In, Head Topics
voltar