Notícias

Os sapatos de Juliana Vieira têm um “je ne sais quoi”
2017-08-09

Trabalhava na indústria farmacêutica, na área da dermocosmética e decidiu mudar completamente a sua vida. Ao fim de dez anos criou os seus sapatos femininos com a marca "Inguz” e enveredou pelo design do calçado com o seu estilo. Juliana Vieira, natural de Santa Maria da Feira, tem uma loja na Rua São Nicolau, mas também vende online, em www.inguz.pt.

A jovem empreendedora decidiu colocar mãos à obra porque queria fazer algo diferente, e é pela diferença que diz que os seus produtos se distinguem. "Senti em mim que tinha de fazer algo meu. E são sapatos únicos porque são feitos de um modo artesanal. Além disso, os sapatos que desenvolvo fazem com que as pessoas sintam algo de diferente nelas. Além disso, como crio edições limitadas, as pessoas acabam por sentir que têm algo único e confortável” – refere, acrescentando que aprendeu a arte com a família. "O meu avô tinha uma fábrica de calçado e foi o meu pai, que lá trabalhava, que me ensinou a fazer o corte. Aliás, fiquei a conhecer todo o processo de produção” – conta.

In, Jornal N
voltar