Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Mais de metade das empresas portuguesas sem presença na Internet
2019-07-05

O presidente da Associação da Economia Digital (ACEPI), Alexandre Nilo Fonseca, disse hoje que 60% das empresas portuguesas não têm presença no mundo digital, defendendo que a digitalização é um dos seus grandes.

"Este número é que é desanimador: 60% das empresas portuguesas não tem qualquer presença na Internet. Não tem uma página no Facebook, não aparece no Google Maps, não tem um site. Quer dizer que 60% do nosso ecossistema empresarial não é encontrável, ou seja, (...) se eu fizer uma pesquisa, muitas empresas não vão aparecer", afirmou aquele dirigente no encerramento de uma conferência no Porto sobre economia digital.

Para Alexandre Nilo Fonseca, a digitalização "é um dos grandes desafios dos nossos tempos", tendo em conta que "o mercado interno é pequeno".

"O potencial que existe para as empresas é este: 1,4 mil milhões de pessoas que já compram global. No ecrã de um 'smartphone' ou de um computador não há pequenas e médias empresas (PME) portuguesas, há empresas boas e más. Vejam o exemplo da Prozis ou da Farfetch. Não foi o facto de nascerem em Portugal que as limitou. É uma grande oportunidade que as empresas portuguesas têm", defendeu.

De acordo com o presidente da ACEPI, 75% da população em Portugal utiliza a Internet, mas apenas 37% faz compras 'online', sendo que mais de um terço dos portugueses fê-lo em sites localizados na China.

Aquele responsável revelou ainda que dois milhões de portugueses nunca utilizaram a Internet, muito deles serão proprietários de PME, pelo que o objetivo é que, até 2020, 50 mil pequenas e médias empresas passem a ter presença online.


In, Noticias ao Minuto
voltar