Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Linha de Apoio aos Empresários
2020-04-07

O setor económico, a par de outros, atravessa períodos conturbados, devido ao novo coronavírus. O país tem de se adaptar à atual realidade imposta pelo Estado de Emergência em que o país se encontra. A legislação surge, portanto, em catadupa e as dúvidas da maioria dos empresários crescem à mesma velocidade. Para apoiar todos os empresários feirenses, a Câmara Municipal lançou, no dia 20 de março, uma Linha de Apoio aos Empresários que contou, até ao momento, com cerca de 60 pedidos distintos de esclarecimento, que se traduziram em largas dezenas de contactos telefónicos.

Os incentivos e apoios financeiros anunciados pelo Estado e o esclarecimento sobre a nova legislação COVID-19, no que ao setor empresarial diz respeito, estão no topo dos temas abordados nos contactos telefónicos recebidos na Linha de Apoio aos Empresários da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira.

Desde o primeiro momento que a autarquia tem também manifestado preocupação com este setor porque, como frisa Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, a "economia não pode parar de repente, sob pena de entrarmos numa recessão económica nunca vista, com consequências dramáticas e de difícil recuperação”. A Linha de Apoio aos Empresários surge como forma de ajudar, esclarecer e apoiar os empresários feirenses, facultando-lhes todas as ferramentas, laborais ou financeiras, que o Estado disponibiliza para enfrentar esta difícil batalha.

Em complemento à Linha de Apoio ao Empresário, a Câmara da Feira tem reunido a informação mais relevante para o setor económico, na Plataforma Bizfeira, em www.bizfeira.com, e na respetiva página de Facebook, num total de 80 notas informativas produzidas e divulgadas.

De referir que Santa Maria da Feira é um concelho com uma forte identidade industrial e empresarial, com cerca de 15 000 empresas nos mais diferentes setores de atividade, como a cortiça e o calçado, dois setores estruturantes para a economia nacional e local, mas também marroquinaria de acessórios de moda, metalúrgica e eletromecânica, mobiliário, papel, cartão e embalagens, produtos da área saúde, puericultura, tintas, restauração, bebidas e hotelaria, têxteis, tecnologias de informação e comunicação, entre outros.


Linha de Apoio aos Empresários:

T: 256 370 803

TLM: 926 664 130 / 965 017 029 / 964 561 667


Ajude a parar o Coronavírus. Adote medidas responsáveis!

Siga todas as recomendações da DGS.




voltar