Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

ITAF criou pousa-jornais do Jornal N
2018-01-16

Peça foi concebida pela responsável de Marketing da empresa

É um pousa-jornais e vai estar nos postos de venda a partir do próximo dia 22 de Janeiro. Foi concebido pela ITAF a desafio do Jornal N numa parceria inovadora e representa o olhar transparente sobre as Terras de Santa Maria.

A ITAF - Alumínio e PVC, empresa de referência no ramo, tem como lema "se fosse fácil não era para nós" e em pouco tempo concluiu uma peça útil de design que estará nas bancas dentro e fora do concelho de Santa Maria da Feira.

Ana Petim, responsável pelo departamento de Marketing da ITAF e pela gestão da carteira de clientes internacionais, está na empresa desde 2014 e foi quem concebeu o design do pousa- jornais. Tem formação na área do design, mas é já um elemento preponderante na divulgação da imagem da ITAF. Ana Petim explica o conceito da peça. "A peça é o resultado de uma espécie de origami das dobras do jornal. Trata-se de um movimento que está relacionado com a dobra. Além disso, a presença do recorte tem que ver com a transparência e o olhar atento sobre as Terras de Santa Maria. É o ponto de encontro entre o jornal e as gentes da terra. Para além de ser uma peça de design, é também multifuncional. É um pousa-jornais. Dá para colocar os jornais dentro da peça e usufruir da transparência. É um destaque para o jornal porque o diferencia nos pontos de venda" - esclarece.

"É uma novidade e um desafio e é precisamente isso que nos alimenta. Esta peça representa a associação entre o design, a tecnologia e o saber fazer. Saber fazer significa ter a experiência, mas também ter a capacidade de adaptação a novas situações. A peça tem vários pormenores técnicos. Acabou por ser fácil até porque a parceria com o jornal foi de total entendimento" - sublinha Ana Petim, acrescentando que a experiência ganha na ITAf lhe permitiu encarar novos desafios de forma ainda mais apaixonada. "Todas as coisas começam por uma semente e este trabalho, quem sabe, poderá resultar noutros momentos. Muitas coisas poderão estar em aberto. Penso que tem havido uma forte aposta na internacionalização por parte da ITAF, que é consolidada e sustentada. Aprendi tudo sobre o alumínio na ITAF e aprendi a encarar os desafios e os problemas como oportunidades para melhorar. A partilha de conhecimentos e experiências é fundamental" - realça.


Mais de 40 anos de prestígio
O trajecto de mais de 40 anos da ITAF, aliado à vontade de ir cada vez mais longe, faz com que esteja em expansão no mercado europeu. Para Bruno Santos, director-geral da empresa, a internacionalização é uma aposta ganha. "Temos crescido bastante em termos internacionais. Mais de metade da nossa facturação está ligada ao mercado externo. E o que tem sido feito também se deve ao trabalho desenvolvido por toda a equipa. Temos uma equipa fantástica, motivada e que aceita desafios, o que é fundamental para uma empresa que está sempre à procura de soluções inovadoras e tecnologicamente desenvolvidas." - afirma.

O empresário sublinha ainda que a peça concebida após o desafio do Jornal N acaba por ser o espelho da vontade de se afirmar e inovar no território. "Agradecemos a confiança do jornal depositada em nós. Se o jornal se identificou com a peça também os leitores se vão identificar. Esta sinergia é importante porque é algo inovador e representativo do concelho e da região das Terras de Santa Maria. É algo que também nos dá uma boa visibilidade com a experiência e conhecimento que colocamos na peça. Nesse sentido, foi importante que durante a sua concepção, a peça tenha passado pelas mãos de todos os departamentos da empresa. Todos tiveram um papel activo na sua concepção e execução" - conclui.





In, Jornal N
voltar