Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Ifthenpay supera os 1.200 milhões de euros de pagamentos
2018-10-03

A fintech diz que este aumento está em linha com as metas traçadas pela empresa para o ano de 2018 (mais de 13.500 entidades aderentes ao seu serviço em todo o território nacional e também no estrangeiro e movimentar mais de 418 milhões de euros em pagamentos).

A Ifthenpay, empresa nacional especializada na emissão e gestão de referências multibanco partilhadas para empresas e líder neste segmento com mais de 11 mil entidades aderentes, anuncia que já superou os 1.200 milhões de euros de total acumulado de pagamentos.

"A Ifthenpay, cujos rácios de crescimento ultrapassaram os 43% no primeiro semestre de 2018, já tinha em abril passado sido a primeira fintech nacional a alcançar o marco histórico dos 1.000 milhões de euros de valor total acumulado", diz a empresa em comunicado.

finteche "insere-se na estratégia de crescimento sustentado da empresa, em consonância com o que tem vindo a alcançar nos anos anteriores".

A Ifthenpay é uma empresa Fintech portuguesa especializada na emissão e gestão de referências multibanco partilhadas para empresas que lidera este segmento de mercado em Portugal. Originária de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, a fintech apresentou um volume de negócios de 1.430.257 euros no exercício de 2017.

Com mais de 11 mil entidades aderentes ao seu serviço em todo o território nacional e também no estrangeiro, a empresa movimentou um volume de pagamentos de 312.759.800 euros em 2017.

"A fintech nacional está também fortemente apostada em manter um foco na inovação constante e na expansão dos seus negócios no contexto da revolução digital que está a ocorrer no setor dos serviços financeiros, destacando-se neste âmbito o recente o desenvolvimento e disponibilização de uma App que transforma qualquer smartphone num Terminal de Pagamentos Automático virtual, permitindo a integração do MBWay no nosso Gateway de pagamentos, sem quaisquer custos para os comerciantes", anuncia em comunicado.



In, Jornal Económico Online
voltar