Notícias

Há estrangeiros que vêem casar a Portugal, e a promotora é da Feira
2018-05-14

Marleen Vrensen está em Portugal há três anos e apaixonou-se pelo concelho. Agora convence todos apaixonados a viver o país como destino de casamento e não tem mãos a medir. Defende que Portugal tem tudo para tornar o dia de casamento inesquecível e elege o Castelo da Feira como o ambiente perfeito para trocar alianças. O Jornal N foi conhecer esta empreendedora holandesa que tanto faz para nos promover no estrangeiro.


Porque é que resolveu viver no país, e no concelho de Santa Maria da Feira?

Vim da Holanda há três anos. O meu marido é português, de S. João da Madeira e trabalha na RAVAS Europe BV, uma empresa internacional sediada na Holanda. Há três anos ficou responsável por Portugal e Espanha, o motivo pelo qual passamos a viver no país. Em Santa Maria da Feira encontramos o local ideal para viver.

 
Quais são as características da cultura portuguesa que a surpreenderam?

Gosto de pensar na vida em Portugal com uma pulsação mais lenta. As pessoas reservam tempo para as coisas boas da vida e sabem apreciá-las.

 
Como surgiu o projecto Hello Portugal? E a Hello Portugal Weddings?

Hello Portugal é um blog holandês que retrata o modo de vida e boas vibrações portuguesas. Toda a minha vida escrevi, mas desde que me mudei para Portugal senti-me tão inspirada que resolvi criar um blog sobre todas as coisas fantásticas no país. A cultura, a tradição, a forma de estar, a língua. Ao viajar pelo meu novo país descobri sítios tão bonitos que senti necessidade de os partilhar. Ao mesmo tempo criei a Hello Portugal Weddings. É um projecto recente que tem como objectivo apresentar Portugal como destino para casamentos. O projecto começou quando uma amiga me pediu ajuda para organizar o seu casamento aqui em Portugal e com uma colaboração com uma organizadora de casamentos do Dubai.


Já trabalhava na organização de eventos antes?

Sou licenciada em Economia e pensei que o meu emprego de sonho seria nessa área, mas percebi rapidamente que perdia o contacto com as pessoas. Organizar e planear sempre foram funções nas empresas para as quais trabalhei, mas na Hello Portugal Weddings sinto-me realizada. Nunca pensei que estabelecer esta ligação com as pessoas para toda a vida fosse parte do meu emprego. Todos os dias são especiais!

Porque é que há estrangeiros a casar no país?

Porque Portugal tem tudo. Deste serras belíssimas no Norte, cidades autênticas como Porto, Lisboa e Coimbra, até as praias mais bonitas da Europa. Os portugueses são hospitaleiros e amigáveis, e a gastronomia portuguesa é rica e deliciosa. Assim como o vinho português.

 
O que é que distingue a Hello Portugal Weddings?

Com as raízes holandesas, a viver em Portugal e uma grande experiência de trabalho com outras nacionalidades e culturas, sabemos como interpretar os desejos, ideias e forma de estar dos clientes e imprimi-los no dia do casamento. Pensamos "fora da caixa” na criação do design único e de ideias originais. Com uma visão pragmática, acertamos sempre. A comunicação é a grande prioridade e os nossos clientes estão envolvidos em cada passo da organização. O nosso objectivo é fazer a noiva e o noivo sentirem-se confortáveis e relaxados.

 
Em relação à festa de casamento, quais as principais diferenças entre os portugueses e os estrangeiros?

A comida, definitivamente. O banquete é muito abundante, às vezes as pessoas questionam-se sobre a quantidade de comida, mas adoram. Todos os países e todas as culturas têm as suas tradições. Aliás, todas as famílias têm as suas tradições. A nossa paixão é precisamente combinar as tradições de uma forma criativa e criar um estilo pessoal.

Quanto tempo é necessário para planear a cerimónia?

Precisamos de três semanas para dar a volta ao mundo. O tempo necessário para planear um casamento depende de vários factores. Alguns meses e datas são marcados com uma grande antecedência, por isso quanto mais específicos são os desejos dos noivos, mais tempo necessitam para planear o casamento. Quando falamos de destinos de casamentos, as pessoas gostam de marcar com algum tempo de antecedência, normalmente 12 meses.

É dispendioso?

O orçamento tem tudo a ver com priorizar, o que é que é importante para o cliente e como é que valoriza essa experiência. O que é dispendioso para uma pessoa, pode ser acessível para outra. Trabalhamos com todo o tipo de orçamento que acompanhamos muito cuidadosamente ao longo da organização do evento.

O casamento deve ser inesquecível, quais as principais dificuldades para o organizador?

Planear o dia de casamento é o nosso trabalho. A parte mais fria prende-se com o orçamento e as finanças, os fornecedores, os contratos, os acordos, os preços. A parte mais quente prende-se com as emoções e o significado mais profundo do dia de casamento. O desafio é encontrar o equilíbrio entre as duas partes ao longo do processo. O que é que torna um casamento inesquecível? Uma noiva bonita? Certamente! Um noivo elegante? Com certeza. Uma localização fabulosa, um banquete delicioso, boa musica, uma decoração encantadora. Mas são as emoções que tornam este dia inesquecível. Estar junto das pessoas que gostamos, família e amigos. Ironicamente, aquelas coisas que não correm tão bem, são os momentos mais memoráveis no dia do casamento. Um menino das alianças que de repente se lembra que tem de ir à casa de banho, o balbuciar durante um discurso. O segredo para um casamento inesquecível reside num ambiente fantástico onde os noivos conseguem desfrutar de cada momento. E isso não tem preço.

Quais são as mais-valias do concelho de Santa Maria da Feira na área dos eventos?

O castelo é sem dúvida a principal atracção. Um local autêntico, romântico e histórico, tem um ambiente muito especial como destino de casamentos.

Quais os próximos projectos da Hello Portugal?

Recentemente lançamos um projecto chamado MBrace da Hello Portugal. São pulseiras muito delicadas made in Portugal. Todos os lucros são para caridade. Estamos a apoiar alguns canis aqui em Portugal. Mas temos mais planos, e estamos em fase de desenvolvimento de um novo projecto. Ainda não posso adiantar muito, mas certamente será com a assinatura Hello Portugal.



In, Jornal N
voltar