Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Governo quer desfasar horários de trabalho para evitar “horas de ponta”
2020-09-10

O Governo está a ultimar as novas medidas para a fase de contingência. Na lista inclui-se a hipótese de desfasamento dos horários de entrada e saída do trabalho para evitar ajuntamentos. 

Com a fase de contingência à porta, devido ao arranque do ano letivo, o Governo prepara-se para anunciar um conjunto de novas medidas restritivas em todo o país. O objetivo passa por evitar horas de ponta, sobretudo nos transportes públicos, e uma das hipóteses é o desfasamento dos horários nos locais de trabalho, avança o Observador. Contudo, as máscaras não passarão a ser obrigatórias na rua ou em espaços ao ar livre.

As novas medidas vão ser aprovadas esta quinta-feira em Conselho de Ministros e na lista, que ainda não está fechada, incluiu-se a possibilidade de desfasamento dos horários de entrada e saída nos locais de trabalho, de forma a evitar ajuntamentos à porta dos estabelecimentos. Se houver dois horários diferenciados, por exemplo, é possível distribuir as pessoas por dois grupos e cortar em metade a concentração nas horas de ponta.

Citando fontes do Governo, o Observador refere ainda que o uso de máscara continuará a ser obrigatório apenas em espaços fechados. "O problema é com os espaços fechados”, diz a mesma fonte. O uso de máscara vai continuar a não ser facultativo apenas em transportes públicos, serviços públicos como repartições de finanças e conservatórias, no comércio e na restauração.



In, Eco Online
voltar