Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Faurecia contrata 300 licenciados para a Feira
2019-05-09

O grupo francês inaugura a 13 de maio, em Santa Maria da Feira, um centro de serviços para servir a Europa Ocidental, Norte de África e América do Sul, que arranca com mais de 300 trabalhadores, dos quais 90% são licenciados.

Na próxima segunda- feira, 13 de maio, a fabricante de componentes para o setor automóvel Faurecia, que emprega cerca de cinco mil pessoas em Portugal, vai inaugurar em Santa Maria da Feira o novo centro de serviços do grupo, onde pretende instalar mais de quatro centenas de pessoas.

"E aqui que vai ficar o 'coração' operacional da Faurecia a nível mundial - um centro que concentra os serviços financeiros, informática, 'help desk', para toda a Europa Ocidental, Norte de Africa e América do Sul", adiantou, ao Negócios, o presidente do município, Emídio Sousa.

No novo centro, que resulta de um investimento de mais de seis milhões de euros, "já estão a trabalhar mais de 300 pessoas, das quais mais de duas centenas correspondem a novas contrações, sendo que 90% são licenciadas, como engenheiros, economistas e até matemáticos", adiantou ao Negócios fonte oficial da Faurecia. "E vamos continuar a contratar - neste momento, estamos a recrutar mais 50 pessoas altamente qualificadas", acrescentou a mesma responsável.

"O grupo tem um 'focus' especial por Portugal, pelo que é natural que continuemos a crescer no país", rematou a gestora da multinacional gaulesa que falou ao Negócios. A Faurecia, presente em Portugal desde 1951, tem seis fábricas em território nacional (em Bragança, Nelas, Palmela, Vouzela e São João da Madeira), um centro de tecnologia de informação (em São João da Madeira)e duas "joint ventures" (a SAS e a Vanpro, em Palmela).

A nova frente operacional da Faurecia em Santa Maria da Feira está instalada num edifício com uma área de cobertura de 5,5 mil metros quadrados. Construído num terreno afeto ao grupo francês, com mais de 11 mil metros quadrados, situa-se na zona industrial de Roligo, a duas centenas de metros de um dos 11 nós de acesso da Feira às quatro auto-estradas que atravessam o concelho. Segundo o autarca, foi no início de 2017 que, alertado para o facto de "a Faurecia andar à procura de um local para instalar os seus serviços centrais", contactou o grupo francês, tendo levado um ano a firmar o investimento.

A nível global, a Faurecia, que atua em três áreas de negócio - assentos para automóveis, sistemas de interiores e tecnologia de controlo, tem 300 fábricas em 37 países, emprega 122 mil pessoas e fechou 2018 com vendas de 17,5 mil milhões de euros. 


In, Jornal de Negócios
voltar