Notícias

Fábrica de braceletes inicia laboração em abril
2018-03-29

A multinacional suíça Mulitcuirs, promotora do projeto de investimento Relprod, em Santa Maria da Feira, recebeu formalmente, dia 28 de março, o edifício onde iniciará, em abril, o fabrico de braceletes em couro para relógios de luxo. Em maio, a empresa avançará com uma área complementar: a "polissage” de braceletes e caixas de relógios de metal.
 
Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, acompanhou a visita do CEO da multinacional suíça, Sylvan Wenger, às instalações da Relprod, no Lusopark. Uma unidade fabril construída de raiz, numa área de 16 mil metros quadrados, pronta a iniciar a laboração.

"Estou naturalmente muito feliz pela concretização de mais este projeto de investimento em Santa Maria da Feira, porque trouxe mais emprego, mais formação profissional e mais desenvolvimento económico para o nosso concelho e para o nosso país”, refere o autarca.

Emídio Sousa recorda que este é um dos resultados do trabalho de diplomacia económica iniciado em 2013, e realça a rapidez na implementação deste projeto – cerca de um ano para a escolha da localização, aquisição de terreno, construção do edifício e formação especializada –, que contou com o acompanhamento permanente da Câmara Municipal em todas as fases do processo

A Relprod é uma unidade de produção de braceletes em couro destinadas às grandes marcas internacionais de relojoaria, assente num trabalho de grande precisão, que exige mão-de-obra altamente especializada, com sentido de rigor e qualidade.

Cerca de 65 colaboradores selecionados já receberam formação especializada, estando aptos a iniciar a produção em abril, na nova unidade fabril, instalada no parque empresarial localizado a norte do centro de congressos do Europarque.


voltar