Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Escolaglobal vence projeto de educação ambiental para ajudar crianças de cabo verde
2019-11-27

A Escolaglobal venceu o concurso Project Humanity,promovido pela Acer Education, e recebeu dez computadores que serão distribuídos por duas escolas em Cabo Verde. O prémio distingue o projeto 'Green On' e foi entregue no fim-de-semana, no Acer EMEA Teachers' Advisory Council, em Barcelona.

O projeto de educação ambiental ' Green On', conduzido com alunos de cinco anos da Educação Pré- Escolar da Escolaglobal, foi um dos vencedores do concurso Project Humanity, uma iniciativa promovida a nível mundial pela Acer Education. O objetivo do projeto da escola de Santa Maria da Feira consistia em transmitir conceitos de reciclagem e reutilização dos resíduos aos alunos e, ao mesmo tempo, desenvolver nestes competências socio-afetivas, tais como a empatia e a ajuda pelo outro.

A iniciativa está inserida no projeto ASA@escolaglobal - Aprendizagem Socio-Afetiva - que foi criado este ano na escola com o propósito de dotar os alunos e professores de ferramentas que fortaleçam o seu bem-estar emocional e social. Ana Belinha, docente do Serviço de Apoio Pedagógico da escola, explica que "atividades deste tipo convidam os alunos ao envolvimento e à construção de competências como a empatia e a entreajuda, essenciais ao estabelecimento de sentimentos de pertença e de respeito pelo próximo".

Os vencedores do concurso Project Humanity recebiam dez dispositivos Acer, a distribuir por uma organização de solidariedade à escolha. Neste sentido, a escola decidiu apoiar e dar continuidade ao projeto 'Semear Futuro', criado há dois anos e que procura ajudar a equipar duas escolas desfavorecidas no Tarrafal, Cabo Verde, através de uma parceria solidária entre a escola de Santa Maria da Feira e a Assembleia Municipal do Tarrafal.

O prémio foi atribuído no dia 23 de novembro, durante o Acer EMEA Teachers' Advisory Council, que decorreu em Barcelona. No evento estiveram presentes professores de toda a Europa e Médio Oriente e a Escolaglobal fez-se representar pelo seu diretor-geral, Nuno Moutinho: "Era uma responsabilidade muito grande representar a escola nesta iniciativa, pois não queria desiludir os nossos alunos e famílias que de forma tão apaixonada se envolveram neste projeto. Também queria muito oferecer estes computadores às escolas desfavorecidas do Tarrafal, pelo que estou duplamente satisfeito".

Para Silvino Évora, presidente da Assembleia Geral do Tarrafal, "é extremamente importante que a Acer e a Escolaglobal tenham este espírito colaborativo, que promove o desenvolvimento e ajuda a minimizar o fosso e as assimetrias no acesso ao conhecimento. Para os alunos das escolas tarrafalenses, estes computadores irão abrir novas janelas para o mundo das plataformas digitais", explica.



In, Correio da Feira
voltar