Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Covid-19. Apoios extraordinários 'chegaram' a 2,4 milhões de pessoas
2021-01-11

Tutela revela que "2.446 milhões de euros, incluindo isenções contributivas, foi o valor total pago até à data nos vários apoios extraordinários".

Os apoios extraordinários criados no âmbito da pandemia da Covid-19 chegaram a 2,4 milhões de pessoas, de acordo com o balanço mais recente do Ministério do Trabalho e da Segurança Social. Contabilizam-se ainda 152 mil empresas com apoios pagos, de acordo com a tutela. 

Numa publicação na rede social Twitter, o gabinete de Ana Mendes Godinho revela ainda que "2.446 milhões de euros, incluindo isenções contributivas, foi o valor total pago até à data nos vários apoios extraordinários que criámos para apoiar os portugueses e as empresas no combate à pandemia Covid-19", pode ler-se. 

Na quinta-feira, o Governo aprovou o prolongamento do apoio extraordinário à retoma progressiva para empresas em situação de crise empresarial até ao dia 30 de junho de 2021. Além disso, foi também aprovada a criação de um apoio simplificado para microempresas em situação de crise empresarial.


As empresas que tiverem de encerrar no âmbito das novas restrições poderão aceder ao regime do lay-off simplificado que neste momento permite o salário a 100% pagando o empregador "apenas 19% desse salário" e estando isento da Taxa Socia Única (TSU), disse Siza Vieira.

Por sua vez, o programa Apoiar prevê um apoio a fundo perdido "que agora vai ser majorado", disse o ministro, acrescentando esperar que, para as empresas que já receberam o primeiro pagamento e para as que venham a apresentar candidaturas o valor dos apoios possa ser reforçado. 

Siza Vieira acrescentou que o Governo vai "reforçar os apoios a trabalhadores independentes e sócios-gerentes" afetados pelas novas medidas.




In, Noticias ao Minuto
voltar