Notícias

Concurso visa aproximar PME nacionais das empresas de energia europeias
2018-05-24

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC) e a EDP Distribuição lançaram um concurso para aproximar as pequenas e médias empresas (PME) nacionais das "grandes empresas europeias" de energia, informou hoje a instituição.

"O mercado português é composto, em mais de 90%, por pequenas e médias empresas (PME) que, por muitas soluções tecnológicas que tenham, nem sempre conseguem chegar aos chamados gigantes industriais para apresentar as soluções tecnológicas que desenvolvem", informou o INESC TEC.

O objetivo deste concurso, promovido pelo INESC TEC e pela empresa EDP Distribuição é, assim, aproximar as PME nacionais das "grandes empresas europeias" a atuar no mercado da energia, disse à Lusa Ricardo Bessa, investigador sénior do Centro de Sistemas de Energia do INESC TEC.

Esta iniciativa, enquadrada na conferência anual Sustainable Energy Week (EUSEW) 2018, da União Europeia, surgiu no âmbito do projeto europeu InteGrid.

O InteGrid tem ao seu dispor, até 2020, 15 milhões de euros para aumentar a inteligência das redes elétricas inteligentes em Portugal, na Suécia e na Eslovénia, locais onde serão instalados cinco demonstradores de redes elétricas inteligentes.

As PME que quiserem participar neste concurso agora lançado deverão criar e submeter uma apresentação, com a duração de dez minutos, sobre a solução tecnológica que desenvolveram, numa das três seguintes áreas: carregamento de veículos elétricos e gestão de frota, tecnologias para redes elétricas inteligentes e energias renováveis.

De acordo com o instituto, as propostas serão escolhidas tendo em conta alguns critérios, sendo dada prioridade a 'startups' (empresas de base tecnológica em fase de desenvolvimento), a projetos que tenham potencial de inovação e que estejam enquadrados no âmbito do InteGrid.

As empresas escolhidas apresentarão as suas soluções tecnológicas na sede da EDP, em Lisboa, na tarde do dia 27 de junho, durante o evento "From intelligent energy solutions to disruptive business models".

As apresentações serão realizadas perante representantes de empresas como a REN, a General Electric, a SAP e a CyberGrid, de forma a "estimular futuras parcerias empresariais", indicou o INESC TEC.

Esta iniciativa engloba espaços de conversa sobre os novos modelos de negócios para as redes elétricas inteligentes e os distribuidores de energia (Universidade de Comillas, Espanha), com o intuito de analisar a energia para as redes elétricas inteligentes e a gestão de energia (INESC TEC, Portugal), bem como o envolvimento dos consumidores e a sua resposta ao incentivo comportamental (KTH - Royal Institute of Technology, Suécia).

Durante a manhã, serão ainda feitas demonstrações de ferramentas desenvolvidas pelas empresas General Electric, CyberGrid, SAP, pelo INESC TEC e pela Águas do Tejo Atlântico, no âmbito do projeto InteGrid.

"O evento irá funcionar como veículo de disseminação dos resultados do projeto e apresentar para as empresas e universidades portuguesas os mais recentes avanços a nível europeu, na área das redes elétricas inteligentes", indicou o investigador Ricardo Bessa.

Segundo referiu, eventos desta dimensão contribuem para "conservar Portugal como um país que investe em conhecimento e tecnologia para um sistema elétrico mais sustentável". 


In, Noticias ao Minuto
voltar