Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Capital mais acessível para as PME
2018-07-04

O Capitalizer vai ajudar pequenas e médias empresas a conseguir, de forma democratizada, acesso ao capital de investidores profissionais. A plataforma online está a operar no mercado ibérico para aumentar a competitividade das PME.

O tecido empresarial português é maioritariamente formado por PME. O impacto que têm na economia nacional é significativo, representando 45,4% do VAB (valor acrescentado bruto), mas o nível de competitividade no mercado internacional é baixo.

Estas PME apresentam uma base de capital menos sólida do que as suas concorrentes a nível europeu, nomeadamente as empresas espanholas, o que condiciona o seu nível de competitividade, numa economia cada vez mais global.

O Banco BiG quis dar a este segmento de mercado a assessoria financeira adequada, pelo que criou uma solução para ligar pequenas e médias empresas a investidores que procuram oportunidades de negócio. Este serviço permite maior rapidez no processo de angariação de capital. São os investidores que analisam de forma concreta os projetos apresentados e o seu potencial de crescimento.

Na plataforma digital Capitalizer há neste momento 15 parceiros, incluindo alguns dos principais operadores de private equity, corporate investors, family offices e outros da península ibérica. Além de capital, estes parceiros podem apoiar as empresas em processos de sucessão, alteração e institucionalização da estrutura acionista, desenvolvimento estratégico, reforço de equipa de gestão e implementação de estratégias de crescimento.

O Capitalizer engloba ainda ferramentas digitais para apoiar eficazmente as PME em todas as etapas do processo de negociação com os investidores. Tudo isto da forma célere, transparente e confidencial a que o BiG já habituou os seus clientes.

As PME interessadas em inscrever-se deverão possuir um histórico de atividade relevante, resultado operacional superior a 300 mil euros e resultados líquidos positivos. O acesso ao portal e o registo são gratuitos, até que a PME receba uma manifestação de interesse por parte de um investidor.

In, Jornal Económico
voltar