Política de cookies

Este site utiliza cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba Mais

Compreendi

Notícias

Câmara de Santa Maria da Feira continua a assegurar EPI às instituições sociais
2020-07-09

A Câmara Municipal de Santa Maria da Feira continua a dotar todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) necessários à sua atividade de prestação de cuidados aos utentes de forma segura. Nesta fase, a autarquia feirense está a disponibilizar um total de mais de 3 500 batas de proteção a 47 IPSS, em todo o concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Emídio Sousa, dedicou a tarde do dia 24 de junho, a acompanhar a oferta de batas hospitalares às IPSS do concelho. Centro Social de Paços de Brandão, Movimento de Apoio Social de São Paio de Oleiros e Centro Social e Paroquial de Romariz foram as três instituições visitadas, permitindo também ao autarca contactar in loco com os responsáveis das instituições e alguns dos seus trabalhadores, inteirando-se sobre as suas dificuldades, preocupações e anseios neste período de combate à COVID-19.

Emídio Sousa frisou que esta ação se enquadra no apoio que a Câmara Municipal tem vindo a prestar a todas as IPSS do concelho para que "consigam dar a resposta mais segura aos seus utentes, na sua grande maioria, grupos de risco, acautelando também a sua própria segurança”, uma resposta, continua o autarca, que "deveria ser assegurada pelo Estado, o que não tem acontecido ou tem sido de forma residual e insuficiente”.

Impermeáveis, laváveis e certificadas, as batas foram produzidas por uma empresa local, a Albarrada Têxteis, sediada na freguesia de São João de Ver, uma pequena empresa que, como o presidente da Câmara frisou, "se adaptou às atuais necessidades do mercado e desenvolveu um novo produto, em articulação com profissionais do Hospital S. Sebastião, já certificado pelo CITEVE (Centro Tecnológico, Têxtil e Vestuário)”.

As batas, com um design e cor diferentes das tradicionais batas hospitalares, são "amigas” do Ambiente porque asseguram a qualidade até 50 lavagens e são também o resultado do dinamismo e empreendedorismo de uma empresa de Santa Maria da Feira que, apesar da adversidade, encontrou uma solução para prosseguir a sua atividade e manter os postos de trabalho, deixando para trás o lay-off e iniciando a produção de diferentes tipos de batas hospitalares, máscaras e manguitos.


voltar